Ir para o conteúdo

1

Ir para o menu

2

Ir para busca

3

Ir para o rodapé

4

ACESSIBILIDADE

5

CONTRASTE

6

MAPA DO SITE

7
 

Pensando estratégias para o enfrentamento da evasão em pré-vestibulares populares: um estudo de caso na Maré - Rio de Janeiro / RJ.

Direito Autoral

Tipo

Mestrado

Data

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Título Alternativo

Afiliação

Co-orientador

Membro da banca

Organizador

Coordenador

Autor institucional

Diretor

item.page.production

Roteirista

Produtora

Gravadora

Resumo

Os cursos de pré-vestibulares populares propiciam o acesso à universidade de pessoas das regiões faveladas e periféricas do Rio de Janeiro. Além disso, muitos desses projetos buscam desenvolver uma formação crítica e emancipadora do(a)s educando(a)s por meio da construção de um processo educacional que ultrapasse a sala de aula e os conteúdos curriculares estritos, oferecendo aulas de história e atualidades, aulas interdisciplinares, aulas de campo, rodas de conversa, cine debates, visitações a laboratórios, museus e casas de ciências, saraus e eventos culturais, dentre outras atividades pedagógicas. Dessa forma, intencionam construir conhecimentos por meio de uma educação que humanize educador(a) e educando(a), acreditando no poder criador e transformador de ambos e exigindo a construção de uma relação de companheirismo e de troca de saberes. Por isso, esses projetos de educação popular são importantes para a transformação das realidades locais. No entanto, uma das problemáticas que minimiza o alcance desses projetos é o alto índice de evasão dos estudantes, que varia de 30% a 90%. Entendendo a importância do fortalecimento das ações dos pré-vestibulares populares nos territórios e da democratização do acesso à educação superior, esse trabalho se propõe a identificar os motivos que causam a evasão dos estudantes e sistematizar possíveis ações de intervenção e enfrentamento desse problema, tanto ra a permanência desses sujeitos nos projetos quanto para a reconquista dos educandos evadidos. Para isso, realizamos um estudo de caso no Pré-vestibular Comunitário do CEASM (Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré) e acessamos as percepções de 128 pessoas que participam ou participaram de prévestibulares populares do Rio de Janeiro, através de um questionário virtual semiaberto. Pudemos perceber que a evasão é um fenômeno complexo, causado por múltiplas variáveis - de caráter objetivo e subjetivo - com destaque para as questões de subsistência pessoal e familiar, e que é necessário desenvolver ações conjuntas em diferentes esferas: gestão, pedagógica, psicossocial, relação interpessoal, comunicação, captação de recursos, articulação com uma rede de pré-vestibulares. Desejamos, portanto, que essa pesquisa bem como a Cartilha “Pensando Estratégias para o enfrentamento da evasão em pré-vestibulares populares” e o “Mapeamento de Pré-vestibulares Populares do Estado do Rio de Janeiro” possam contribuir nesse processo de organização, articulação e mobilização para a diminuição dos índices de evasão do(a)s educando(a)s nos pré-vestibulares populares.

Resumo em Inglês

Resumo em Espanhol

Resumo em Francês

Notas

Associativismo e Memória

Assuntos

Educação Popular, Pré-vestibular Popular, Evasão de estudantes, Retenção de estudantes, Reconquista de estudantes.

Assuntos em Inglês

Assuntos em Espanhol

Assuntos em Francês

DeCS

Data do evento

Versão anterior

Documento relacionado

Formato Original

Tempo de duração

Tempo de duração

Sistema de cor original

Contexto público-alvo

Ocupação público-alvo

Objetivo Educacional

Avaliação

Documento revisado

Status da Publicação

Financiador

Versão posterior

Fonte da publicação anterior

Localização do evento

Título do evento

Tipo do evento

Citação

ISBN

ISSN

DOI

Instituição de defesa

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Data de defesa

2020

Local de defesa

Rio de Janeiro

Programa

Tecnologia para o Desenvolvimento Social